Epis da semana 14 de 2014


mahoukacapa14

Edit: ninguémleu o post então eu não vou continuar fazendo. Talvez um dia eu tente fazer de novo, quem sabe?

Eu ainda não decidi qual vai ser o título permanente, mas enquanto isso vai esse. O concurso pra escolha do nome era obviamente uma brincadeira de primeiro de abril, mas por favor, se vocês tiverem alguma idéia pra nome desse tipo de post, falem pra gente!

Saa aqui de volta com um novo post semanal! Todo sábado, eu vou fazer um post com um resuminho do que aconteceu em cada anime dos que eu tô assistindo e minhas opiniões sobre o episódio. Animes que acabaram e animes que começaram vão ter coisinhas a mais, mas eu nem vou explicar porque vocês já vão poder ver nesse post.

“Ai Saa mas hoje é segunda, não sábado!” shhh, ainda é domingo nos estados unidos, finge que eu não me atrasei. Basicamente eu ia fazer de domingo, mas percebi ontem que fazer de sábado era uma idéia melhor, mas aí já era tarde demais.

“Mas Saa, como eu vou saber que animes você vai postar a cada semana?” assim que eu decidir o nome permanente desses posts, eu vou dar um jeito pra vocês saberem. É que eu realmente preciso do nome permanente pra fazer isso.

“Vai ter uma categoria especial pra esses posts?” vai, assim que eu conseguir a droga do nome permanente.

“Você vai colocar esses posts na categoria de cada anime mencionado?” eu não sei ainda. Por um lado, é bom pra quem quiser ver eles e não tem outro jeito de encontrar, mas por outro, isso significa que eles vão enterrar completamente os posts de singles de cada anime. Vocês podem dar as suas opiniões sobre isso nos comentários, se quiserem.

“Eu posso te pedir pra adicionar algum anime nesses posts?” sim, desde que 1. o anime esteja saindo regularmente (ou seja, não esteja completo nem em hiato); 2. você não se importe comigo não fazendo resuminho dos episódios que já saíram (tipo, se você me pedir na semana que o terceiro episódio saiu, eu posso fazer resuminho do terceiro episódio, mas não vou fazer dos dois primeiros); e 3. você se lembre que o MTime é o blog pra todas as idades, ou seja, eu não vou fazer resuminho de hentai nem de ecchi se a história for sobre ele ser ecchi (ou seja, eu faria resuminho de Little Busters!, mas não de Seitokai Yakuindomo)

“Eu posso te pedir pra ver se você vai adicionar um anime que ainda não saiu nesses posts?” sim, mas tem que obedecer a terceira regra a pergunta anterior. Basicamente, eu não assisto o primeiro epi de todos os animes que saem em uma temporada, então posso muito bem não adicionar um anime nos posts só porque a sinopse não me interessou. E é aí que você, leitor, vem: me recomende um anime que ainda não saiu e eu vou pelo menos colocar o primeiro episódio nos posts semanais (que nem eu fiz hoje).

“E se não tiver muitos animes nos posts semanais de uma temporada?” aí eu até posso colocar um anime que já esteja completo, mas eu vou fazer um post sobre isso pedindo por idéias sobre que anime colocar, então não é pra ninguém me mandar email pedindo pra eu colocar anime completo nos posts semanais enquanto eu não tiver feito o post. Se ninguém der idéia de que anime colocar, eu escolho o anime sozinha.

“Ah mas Saa-” isso aqui não é um faq pra pessoas imaginárias, ok? Vamos ao post!

Episódios dessa semana:

  • Nagi no Asukara 26 (final)
  • Hoozuki no Reitetsu 13 (final)
  • Selector Infected WIXOSS 1
  • Mahouka Koukou no Rettousei 1
  • Soredemo Sekai wa Utsukushii 1
  • Gokukoku no Brynhildr 1

Nagi no Asukara 26

nagi26

A Chisaki consegue levar a Manaka de volta à superfície, e ela ainda não acorda mas mesmo assim narra o começo da história da Ojoshi-sama e como ela tinha amado um cara da superfície que se matou quando perdeu ela, e o deus do mar mandou a Ojoshi-sama de volta pra superfície, roubando dela a capacidade de amar pra que ela não seguisse o antigo amor dela e se suicidasse. Por ser incapaz de amar, ou de sentir qualquer emoção, seja ela boa ou ruim, a Manaka compara o coração da Ojoshi-sama (e da Manaka dos últimos episódios) com o mar calmo. Depois de narrar essa história, se percebe que a Manaka ainda tem ena, e ela acorda. Aí a cena muda pro Hikari se desesperando com a Miuna, e todo mundo chorando por causa dela. A Miuna deve ainda estar um pouco consciente, porque ela quer que o Hikari se acalme e tenta contar pra ele e pro deus do mar que amar alguém não é ruim, não importa o quanto doa.

O deus do mar deve ter entendido, porque aparentemente ele se desesperou? Eu sei lá, a vontade dele é só um monte de fogo, não dá pra ver emoções muito bem. Mas ele acende as lanternas de todo mundo da vila, até chegar no cemitério de Ojoshis e tacar fogo em tudo. O Hikari finalmente consegue tirar a Miuna daquela mão com campo de força e sai nadando com ela, enquanto ela conta pra gente o resto da história da Ojoshi-sama: quando o deus do mar mandou ela de volta pra superfície, ela já tinha se apaixonado por ele, e na verdade não queria ter perdido a capacidade de amar. Aí todo mundo fala um monte e os habitantes da vila acordaram! Aí sei lá como o deus do mar se sentiu depois de tudo aquilo, mas o mar começou a ter ondas de novo, o que faz desse episódio um final feliz.

Todo mundo fala um monte de novo e a gente ganha alguns minutos de “o que aconteceu com todo mundo depois que a história acabou”, e todo mundo tá feliz. Depois disso, a Manaka e o Hikari por algum motivo estão no uniforme antigo, o que talvez signifique que não são eles de verdade, e ao invés disso seja uma versão passada deles ou sei lá. Eles dizem um monte de coisas profundas e o anime acaba.

Gente, eu assisti o epi faz três dias e devia ter escrito isso na hora, mas não escrevi e por isso o resuminho deve ter ficado super ruim. O que eu lembro é que eu chorei muito, mas teve exposição falada demais, e um monte de falas ~profundas~ que eu não precisava, mas provavelmente são porque o anime é pra audiências mais novas do que eu. Então eu achei tudo super emocionante, mas teve umas partes chatinhas que eu tinha vontade de pular. Não foi um fim ruim, mas também não foi nada memorável.

Veredito final:

Gostei? Sim, foi o meu anime preferido da última temporada.
Vou sentir falta? Muita.
Quero segunda temporada? Não, mas só porque o fim realmente deu finalidade pro anime e eles não teriam mais o que fazer em uma segunda temporada.
Assistiria de novo? De jeito nenhum. A primeira metade do anime é super chata, e o que eu gostei desse anime foi a curiosidade que me deu de saber o que ia acontecer no próximo episódio. Agora que eu já sei o que aconteceu, assistir não ia ter graça nenhuma.

Hoozuki no Reitetsu 13

hoozuki13

A primeira metade do epi é um festival de verão do inferno. Ai gente, não tenho saco de fazer resuminho de anime de comédia, desculpa. Ainda por cima um que eu assisti faz três dias e tá no último episódio. A segunda parte do epi é o que realmente dá um senso de finalidade pro anime, com o Hoozuki fazendo suas maldades com o Enma, que finalmente diz que o Hoozuki seria um rei melhor que ele. Aí o Hoozuki é super fofo e diz que não, que o Enma é um ótimo rei, e que ele prefere ser mesmo o subordinado, porque a posição dele o permite fazer maldades com o Enma enquanto manipula o inferno escondido… ninguém se surpreende, mas o Enma fica feliz porque o Hoozuki finalmente se expressou em palavras. O Hoozuki diz que é porque eles se conhecem faz tempo e ele espera que isso continue sendo assim, e o anime acaba.

Veredito final:

Gostei? Muito, nenhum episódio deixou de me fazer rir.
Vou sentir falta? Toda temporada tem um anime do tipo, e infelizmente Hoozuki no Reitetsu não conseguiu se diferenciar muito dos outros. Não posso dizer que vá sentir muita falta, não.
Quero segunda temporada? Claro, por que não?
Assistiria de novo? Difícil. De novo, tem anime do tipo que me fez rir muito mais, então duvido que eu escolheria Hoozuki no Reitetsu pra reassistir quando tem anime mais engraçado.

selector infected WIXOSS

selector1

O anime começa com aquele jeito Madoka de começar animes: mostrando o mundo horrível e o desespero que vai acontecer perto do fim da história, ou que aconteceu antes, ou que aconteceu em outro universo. Aí vem a OP e o segundo começo do anime, um dos mais velhos da história da humanidade: uma amostra da vida normal que a protagonista tinha antes da história acontecer. A Ruko volta da escola, acontecem coisas normais, e quando ela acompanha o irmão até a avenida pra ele sair de moto (muito errado isso mas beleza), ele diz que a avó dela está preocupada com a falta de amigos dela, e dá um baralho de cartas pra ela se enturmar com as colegas da escola. Como qualquer um que tenha lido a sinopse sabe, é o baralho que começa a história do anime.

Ruko volta pra casa e abre o baralho, pegando a carta que funciona como o avatar dela, a LRIG. Mas a carta tá viva! Ruko se assusta, tranca a carta na gaveta e vai dormir. Ela tem um pesadelo que pode muito bem ser uma premonição, pega a carta na gaveta e tenta conversar com a menina da carta, que só diz que ela quer lutar. Beleza então, Ruko vai pra escola, pensa em jogar com as outras meninas mas não tem coragem, e é aí que a Yuzuki surge do além e já chega com a notícia que vai mudar a vida da Ruko: ela é uma selector! Aí a gente tem um pouco de explicação, que a selector que ganhar vai ser capaz de realizar desejos e eu tenho flashbacks de Madoka, mas beleza. Muito como a Madoka, a Ruko não tem um desejo ainda mas quer brincar mesmo assim. A Ruko e a Yuzuki começam uma batalha, que mostra que a carta da Ruko, Tama, é mais poderosa que o normal, e que a Yuzuki tem um desejo que tem a ver com o irmão dela, o Kazuki.

Eu já senti as vibes de twincest desde aquela hora, mas o anime deve achar que ainda tá sendo super sutil, porque depois da batalha, que não deu em nada por causa de interferência externa, a Yuzuki se desespera achando que a Ruko ouviu sobre o que o desejo dela era. A Ruko convida a Yuzuki pra casa dela, deixando a avó super feliz, e revela que não ouviu nada sobre o desejo, e que não se importa em perder uma batalha de propósito pra fazer a Yuzuki ficar mais perto de realizar o desejo dela. A Yuzuki diz que não, porque se o Kazuki odiar ela por causa disso não vai ter sentido em fazer o desejo dela, e podia ter “TWINCEST” escrito na testa da menina que não ia ficar tão óbvio, mas beleza. Ela vai pra casa, e a Ruko termina o episódio animada com esse novo jogo, porque pelo menos ele já deixou a avó dela feliz. Menina, você vai chorar muito antes desse anime acabar. No próximo episódio, mais personagens que apareceram na OP vão ser apresentados! Eu prefiro não decidir se gostei ou não de um anime até todos os personagens iniciais aparecerem, então não vai ter impressões aqui, desculpa.

Veredito inicial:

Gostei? Não dá pra saber com certeza ainda, mas começou bem!
Vou continuar assistindo? Pelo menos até o próximo episódio, porque a história não começou o suficiente pra eu ter certeza.
Vou postar a OP? Talvez. Essa OP vai ter prioridade baixa, então eu vou postar se sair em um dia bom pra mim e não tiver singles demais no mesmo dia com prioridade mais alta.
Vou postar a ED? Vou sim!
Vou continuar incluindo nos posts semanais?
Vou decidir depois do segundo episódio.

 Mahouka Koukou no Rettousei 1

mahouka1

Gente, que anime difícil de resumir. Sério, eu não sei o que escrever aqui. Espero que fique mais fácil nos próximos epis, hahahah!

Uuuh então o anime começa mostrando o futuro pra gente, e a gente vê que o Tatsuya vai lutar em uma guerra pela Miyuki. Aí o anime começa de verdade, e é o primeiro dia de escola! Até aí, nada surpreendente. A Miyuki tem uma queda pelo irmão e fica super brava porque ele… ok, eu não entendi essa parte. Ele ficou em primeiro na prova de teoria, mas foi só um Reserve, até aí tudo bem, mas depois mostra que ele é um Weed e tem tipo quinhentos Blossoms a cada ano? Como que ele não foi um dos Blossoms se ele foi tão bem assim na teoria e nas artes marciais? Se é assim a teoria não tem peso nenhum, não faz sentido. Mas ok, talvez expliquem isso depois. A Miyuki tá brava, mas no fim se acalma e vai se preparar pro discurso dela. Enquanto isso, o Tatsuya sai andando por aí, conhece personagens que vão ser importantes depois mas por enquanto só vão aparecer algumas vezes, chega no auditório e se senta pra assistir o discurso. Duas meninas se sentam do lado dele, a Erika e a Shibata, e eles ficam amigos. Aí os discursos todos acontecem e todo mundo sai do auditório.

A Shibata percebe a aura do Tatsuya, o que é ruim, porque o Tatsuya é diferente dos outros e isso deve mostrar na aura dele. Aí a Miyuki aparece e aparentemente totalmente esqueceu que tava conversando com as pessoas do conselho estudantil, mas a presidente não se importa. Já o moleque do lado dela, que ninguém sabe o nome, mas eu aposto que é o vice-presidente, parece ou ter acordado com o pé esquerdo ou odiar o Tatsuya, e eu aposto que é a segunda opção. Outra coisa que deve ser explicada pra gente em um próximo epi.

O anime muda de cena pros dois irmãos em casa, e a Miyuki tá irritada porque o pai deles e a Sayuri, seja lá quem essa seja, ligaram pra ela pra dar os parabéns mas não falaram com o Tatsuya, e dá uma de Elsa congelando tudo. O Tatsuya fala pra ela se acalmar, e parece que isso é tudo que ele faz no anime em relação à Miyuki, mas beleza. Ela se acalma e tudo descongela. Obrigada, Anna!

Na manhã seguinte, os irmãos vão pro que parece ser um Dojo pra que os telespectadores possam ver o quanto o Tatsuya é bom em artes marciais. O sensei é um pervertido e se ele continuar aparecendo regularmente eu vou ficar com muita vontade de parar de assistir esse anime, mas por sorte parece que o anime vai acontecer principalmente dentro da escola. Enfim, todo mundo presumivelmente vai tomar café da manhã e a cena muda pra escola.

O Tatsuya tá vendo umas coisas aí no computador e um novo personagem, o Leo, surge dizendo que teclados são super obsoletos. Ele vira o novo integrante da turminha do Shiba. Ele briga um pouco com a Erika mas quem duvida que em cinco episódios eles vão estar namorando? Ou isso ou assim que a guerra começar. A aula começa e tem alguma coisa errada com a professora, mas a gente não vê o que porque a cena muda.

A turminha do Shiba tá almoçando e a Miyuki vai toda feliz comer com eles, mas os amigos dela ficam de mimimi porque a turminha do Shiba é Weed, e o clima começa a esquentar. O Tatsuya decide acabar com a briga no começo e diz que acabou de almoçar e tá indo embora. O que funciona por enquanto, mas aí a cena muda pra depois das aulas e tá todo mundo brigando. Eles começam a brigar magicamente, a presidente do conselho estudantil aparece e é revelado que o Tatsuya consegue perceber feitiços antes deles serem lançados, além de conseguir pensar em mentiras na hora e ser um bom mentiroso. Pena que ninguém acreditou, né? O Tatsuya faz uma narraçãozinha mental de “oi, essa escola aqui funciona desse jeito basicamente” e dá um name drop básico porque porque não, né? Aí o episódio acaba.

Veredito inicial:

Gostei? Esperava mais.
Vou continuar assistindo? Por enquanto sim, mas se não melhorar até o quarto episódio eu paro.
Vou postar a OP? Com certeza.
Vou continuar incluindo nos posts semanais? 
Só se ficar mais fácil de resumir.

Soredemo Sekai wa Utsukushii

soresekai1

Eles tão ligados que “still world is beautiful” é uma tradução errada, né? Significa que o mundo parado é lindo. Seria “still, the world is beautiful”, mas beleza, se eles querem colocar engrish no produto deles a escolha é deles.

Tem um monte de cena do exército no meio da história da Nike, então eu vou falar delas primeiro pra não ter que ficar me interrompendo toda hora pra falar o que eles discutiram dessa vez. Basicamente o exército não quer que a Nike se case e tá tentando impedir ela de chegar no castelo, mas não funciona.

O epi começa com o fim do epi, tem a OP e aí o anime começa de verdade. A Nike, que parece muito com a Chihaya de Chihayafuru mas beleza, é a quarta filha do rei do País da Chuva ou sei lá. Ela chega no Reino do Sol de barco, controlando o vento pro barco ir mais rápido, desde dele e fala pra tripulação voltar pra casa que ela fica sozinha ali mesmo. Normalmente eu diria que isso foi estúpido mas nesse caso foi uma ótima idéia, Nike. Ela anda por aí, descobre que o dinheiro do país dela não vale quase nada nesse, não consegue comprar comida e nem achar um quarto vazio nas tavernas da cidade. Ela cai em uma mentira super óbvia de que tem uma taverna super barata por perto e a mala dela acaba sendo roubada. Ela até tenta se vingar e recuperar a mala, mas desmaia de fome.

Ela acorda na taverna de uma família super fofa e gentil, que dá comida e teto pra ela, e a menina deve ter hipoglicemia ou algo do tipo porque desmaiar de fome quatro horas depois de comer não é normal. Esses roteiristas precisam entender que uma coisa é uma personagem comilona, outra é uma personagem doente. Ela conta pras meninas da família que é uma princesa e vai casar com o Rei do Sol, e ninguém acredita porque não é idiota, mas é verdade.

Na manhã seguinte, a menina mais velha empresta roupas pra Nike e diz que vai lavar a roupa que ela tava usando no dia anterior, e a Nike obviamente fica super agradecida. Aí ela vai procurar uma caravana pra capital, mas não acha nenhuma. Ela conversa com a menininha, que diz que a mãe morreu em uma batalha que teve por culpa do rei, mas que o rei é super de boas e o reino prospera com ele. Enquanto isso, os moleques que roubaram a mala da Nike foram pagos pra sequestrar ela, mas acabam sequestrando a menina mais velha porque são idiotas. Eles percebem isso depois de um tempo e não sabem o que fazer, mas a Nike aparece pra salvar o dia e a gente vê que pelo menos os poderes de vento dela funcionam nesse reino. Os roteiristas também têm que entender que se o público masculino do anime gosta de cenas com abuso sexual, eles deveriam estar na prisão, não assistindo anime. A Nike se despede da família que acolheu ela, promete voltar depois e vai com uma caravana dirigida pelos moleques até a capital.

Quando ela chega lá, os guardas não acreditam que ela seja uma princesa e ela luta com eles por motivos desconhecidos, e aí vai conhecer o rei. Ele é mais jovem e bonito que ela imaginava, então ela se surpreende, até porque as irmãs falaram que ele era careca, tinha chifres, era peludo e fedia. Se isso fosse um seriado dos EUA ele ia ganhar chifres daqui a dois episódios, mas beleza. Aí o epi acaba.

Veredito inicial:

Gostei? Sei lá, o anime deu uns belos tropeços nesse epi, mas eu tenho fé.
Vou continuar assistindo? Só pra ver se ele não melhora. Se não melhorar eu paro.
Vou postar a OP? Eu não, preguiça dessa op.
Vou postar a ED? De jeito nenhum.
Vou continuar incluindo nos posts semanais? 
Por enquanto sim.

Gokukoku no Brynhildr 1

brynhildr1

Finalmente algo fácil de resumir! Quando o Murakami era um filhote, ele era amigo da Kuroneko. Um belo dia, ela disse que tinha visto um alien, e ele quis que ela provasse, então eles foram lá ver o tal alien, mas precisaram passar por cima de uma barragem antes. O Murakami escorregou e caiu, e a Kuroneko deu a mão pra ele pra tentar segurar, mas acabou caindo junto. Ele acordou no hospital e disseram que ela estava em outro quarto, mas quando ele finalmente teve alta falaram pra ele que na verdade a Kuroneko tinha morrido. Ele se desesperou e até hoje se sente culpado, além de chateado por não lembrar o nome verdadeiro dela, só que ela tinha três pintas debaixo da axila esquerda. Anos depois, ele tá na escola, que aparentemente é super difícil de se entrar, e tentando estudar pra acabar trabalhando na NASA, pra poder provar pela Kuroneko que aliens existem. Se ele fosse um pouquinho mais inteligente entenderia que ninguém nunca duvidou que aliens existem, só que eles estão no nosso planeta, e se é isso que ele quer provar não é um trabalho na NASA que vai ajudar ele, mas beleza.

A aula começa e acontece aquele velho clichê: nova estudante por transferência que o protagonista conhece (nesse caso, acha que conhece? ninguém sabe ainda), e/ou nova estudante por transferência que vai mudar a vida do protagonista. Nesse caso foi “e”. A menina nova é idêntica à Kuroneko, mas diz que não conhece o Murakami. Aí eles têm aula de natação e uma menina prende o joelho no filtro, que é baixo demais pra ela alcançar a superfície entalada ali, então ela quase se afoga. MAAAS de algum jeito o piso perto da piscina desmorona justo na tubulação, fazendo com que o filtro pare de sugar o joelho da menina e ela sobrevive.

Depois da escola, o Murakami vai pro observatório pra ver as estrelas e se acalmar, e aí a Kurome Neko surge ali pra falar pro Murakami que dois estudantes deviam ter morrido naquele dia, e o Murakami é o próximo. Ela diz que não é pra ele perder o último ônibus de jeito nenhum, mas depois recebe uma “ligação” (que é em um walkie-talkie antigo???? beleza) e diz pra ele que não, pegar o ônibus ou não não muda nada, ele tem é que não sair do observatório até amanhã. Feliz com um trabalho bem feito, ela volta pra casa, deixando o Murakami sozinho.

O Murakami continua sendo um idiota e resolve provar que a Kurome Neko tava certa. Não sei se o anime queria uma fala dramática e por isso só fez ele narrar que era uma avalanche na hora que ela aconteceu, ou se ele só entendeu que era uma quando ela apareceu, mas eu tenho fé no Murakami e acho que foi só dramatização. Pois então, ele sacou que era pra ele morrer em uma avalanche, e que se ele pegasse o ônibus, o tempo que ia demorar pra ele parar no ponto e chegar no lugar da avalanche era o mesmo que o tempo que o Murakami ia demorar pra andar até ali, e por isso que não fazia diferença se ele pegasse o ônibus ou não. Na verdade, fazia sim, mas não pra ele: se ele pegasse o ônibus, não ia ser só ele que ia morrer, mas o resto dos passageiros e o motorista também.

Agora, não sei pra que diabos ele saiu do observatório se pra provar que a Kurome Neko tava certa era só ele ver o resultado da avalanche no dia seguinte, mas beleza, vai lá morrer, Murakami. Por sorte a Kurome Neko chega assim que uma pedra gigante quase cai na cara do Murakami e quebra a pedra do meio. Ele pergunta como ela fez aquilo, e ela responde que é uma bruxa, mostrando um implante na nuca e dizendo que recebeu um monte de remédios pra ganhar poderes. Eu concordo com o Murakami, isso aí não é magia, é ser esper, mas beleza. Aí que ele olha pra axila dela e percebe que ela não tem as pintas da Kuroneko, e fica todo chateado. Não desista, Murakami, até o nome dela é igual! E ela acabou de dizer que fez trocentas cirurgias, ela podia ter feito uma plástica ou algo do tipo pra tirar as pintas. O episódio acaba com ele desesperado porque a Kuroneko tá morta mesmo.

Veredito inicial:

Gostei? Prefiro só dizer assim que as outras três personagens aparecerem, mas começou bem.
Vou continuar assistindo? Por enquanto sim!
Vou postar a ED? Não.
Vou continuar incluindo nos posts semanais? 
Claro, foi super fácil de resumir!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: